O câncer do Marcos

Segue abaixo o relato do câncer do meu noivo nas palavras do nosso querido amigo e padrinho Rodrigo Bedritichuk:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quando Sou Fraco

Lá pelos idos de outubro as coisas realmente começaram a piorar para o nosso amigo Marcos. O breve suspiro de felicidade foi aplacado pela notícia sufocante do agravamento de sua doença. O resultado da biópsia médica pesou no ar e apertou o coração dos que o conheciam.

Tudo isso havia começado uns dois meses antes, quando ele recebera o diagnóstico de que tinha um tumor no cérebro. A notícia causou espanto e temor a todos. A surpresa e a gravidade da patologia produziram em mim e em outras pessoas certo desespero, logo dissipado quando vimos o modo sereno com que o próprio Marcos encarou o problema. Pude passar com ele o dia seguinte ao recebimento de tão desestabilizadora notícia e testemunhar a força e a confiança que ele transparecia. A ocasião era a despedida de solteiro de um amigo nosso, e lá estava o Marcos no meio de todos, conversando e brincando como se nada tivesse acontecido. Aproximei-me para conversar sobre o assunto, receoso de como ele iria reagir à minha indagação, e com medo da impertinência da minha pergunta. Mas tivemos uma conversa aberta e gostosa como se estivéssemos falando sobre qualquer aventura da vida, mesmo falando na verdade sobre os perigos dela. Ele estava confiante! Falava sempre em não desperdiçar seu câncer, pois queria aproveitar a adversidade para crescer espiritualmente.

Os dias que daí se seguiram foram tensos. Estávamos todos à espera da confirmação do diagnóstico. Ele iria se consultar com outros médicos; queria ter a certeza do resultado. Triste notar que a incerteza da doença teve que adiar planos. Marcos tinha intenções de se casar, já havia escolhido o anel de noivado, mas teve que postergar o momento do noivado quando soube de seu tumor. No entanto, adiar alguns planos não significava renunciar à vida. E ele ainda estava lá, na igreja, nos eventos, com seu jeitão esguio, educado como sempre, com um semblante límpido que contrastava com as lágrimas dos amigos que o viam daquela forma tão agradável. Os amigos combinavam um lugar para sair, e Marcos não perdia a oportunidade de fazer graça com a própria situação: “quero ir para tal lugar, é o meu último desejo”. A forma brincalhona e satírica com que vivia ainda estava presente.

Finalmente, o resultado saiu: o tumor era provavelmente benigno, e necessitava apenas de acompanhamento regular. A notícia se espalhou rapidamente com um gosto de vitória para todos. A vida poderia retomar a sua normalidade habitual.

Foi quando em uma fatídica sexta-feira do mês de setembro Marcos começou a ter fortes dores de cabeça. A dor somou-se às tonturas, e ele começou a ficar preocupado. No sábado, logo pela manhã, a sentença do médico – Marcos teria que se submeter a uma cirurgia de emergência. O procedimento era de alto risco, e teria de ser feito às pressas. Como suportar uma notícia dessa logo agora que as coisas pareciam voltar ao seu lugar? A esperança comprimiu-se dentro do peito. Ainda atordoado, esperei um pouco e afinal tomei coragem de ligar para ele. A voz embargada e trêmula do outro lado da linha golpeou minha intenção de confortá-lo; agora era eu quem lutava contra as lágrimas. Consegui trocar apenas algumas palavras de força e esperança em Deus e desliguei o telefone antes de começar a chorar. Soube depois que a fraqueza de Marcos diante da cirurgia durou pouco tempo, e logo depois ele já estava risonho e conversador, e que se dirigira à cirurgia com bom ânimo.

Uma corrente de orações, clamores e torcida por sua vida estendeu-se pela cidade. Familiares e amigos levantaram suas vozes intercedendo pela vida do Marcos. A cirurgia foi longa e delicada. Acabou depois da meia-noite. Enfim, o resultado trouxe alívio aos que estavam de vigília: tudo ocorrera bem. A mão poderosa de Deus estendera sua graça sobre a vida do nosso amigo.

Nessa parte da história, impossível continuar sem fazer referência à Rafa, a namorada do Marcos. Ela foi quem talvez mais sofreu todo esse tempo. Mesmo assim, era ela a intermediária entre o Marcos e o resto, uma vez que a família do Marcos estava muito abalada para dar informações precisas aos amigos e colegas. Sempre que se queria saber alguma notícia da recuperação ou dos procedimentos de visita, era só ligar para a Rafa. Com paciência e firmeza, ela atendia a todos.

Os médicos estimaram que ele iria reaprender a andar em três meses. Mas antes que uma semana se passasse ele já estava em casa, falando e andando normalmente. A velocidade da recuperação surpreendeu a todos e atestou que sua existência a partir dali seria um concreto milagre de Deus. Sua casa estava sempre cheia de visitas, de pessoas que iam ali para vê-lo, pensando que iriam encontrar alguém debilitado pelo pós-operatório, mas que se deparavam com uma pessoa cheia de vida e vontade de viver, cujo único sinal da cirurgia era um curativo na parte de trás da cabeça. Passei ali uma agradável tarde de sábado, dando boas risadas de suas piadas inteligentes e desfrutando de seu senso de humor aguçado. Como foi bom reencontrá-lo daquela forma.

Certamente a proximidade da morte operou uma transformação na forma com que ele levava a vida. Isso porque duas semanas após a cirurgia, Marcos e Rafaela ficaram noivos. Que lição de vida, que amor à vida. Afinal, diz a Bíblia, “vá, coma com prazer a sua comida, e beba o seu vinho de coração alegre, pois Deus já se agradou do que você faz. Esteja sempre vestido com roupas de festa, e unja sempre a sua cabeça com óleo. Desfrute a vida com a mulher a quem você ama, todos os dias desta vida sem sentido que Deus dá a você debaixo do sol; todos os seus dias sem sentido! Pois essa é a sua recompensa na vida pelo seu árduo trabalho debaixo do sol” (Eclesiastes 9:7-9).

Todos perceberam nele a disposição de fazer a vida valer a pena, de não perder tempo com coisas que consomem o tempo de uma vida e depois se revelam como uma corrida atrás do vento. Não temos controle sobre o dia em que chegamos e o dia em que partimos desse mundo. Mas a forma como vivemos nesse intervalo é dada a nós escolher. E ele havia escolhido a plenitude, encontrada somente por aqueles que “perdem a sua vida para achá-la em Cristo”.

Novamente, a alegria vivida por todos foi solapada por outra notícia avassaladora. O resultado da biópsia saíra, e indicava um tumor maligno, de um tipo raro de câncer. Silêncio e indagações dominaram a paisagem. Por que haveria de ser assim? Uma vez mais, o assombro de notícias ruins parecia demolir toda a segurança e conformação que já se haviam construídos sobre a situação.

Uma semana após essa notícia, fui visitá-lo num dia de feriado. Eu e alguns amigos combinamos de ir a casa dele para fazer-lhe companhia com jogos, conversa e oração. Que tarde agradável aquela, e é mesmo uma ironia que muitas vezes seja a dor o motivo que une amigos em comunhão e alegria. Lá estávamos nós naquela sala, naquele dia chuvoso e abafado de outubro, bem acomodados e conversando. Num canto, recostado a uma poltrona, estava o Marcos, os pés cruzados em cima da almofada, o olhar atento sem perder um assunto ou um ensejo para proferir as suas habituais tiradas. Ouviu com interesse às palavras de clamor a Deus e encorajamento. Volta e meia se percebia que sua mão instintivamente procurava as mãos da Rafa, sua noiva; se tocavam ambas num gesto representativo de cumplicidade. Após entoarmos alguns cânticos e ouvirmos a leitura da Bíblia e a mensagem de seus amigos, Marcos tomou a palavra com objetividade e segurança. Agradeceu as manifestações de apoio e testemunhou junto com o apóstolo Paulo “não considerar a vida de valor algum para si mesmo, se tão-somente puder terminar a corrida e completar o ministério que o Senhor Jesus o confiou, de testemunhar do evangelho da graça de Deus”. (Atos 20:24)

Após esse momento, começamos os jogos. Dispensa maiores detalhes contar a bagunça que sete amigos fizeram naquela tarde: muita gritaria, risadas, chacotas mútuas, torcida, táticas, zoações e diversão. Creio que quase três horas depois acabamos o jogo. O vencedor, Marcos! O fim perfeito para esse dia em que cada um dedicou seu tempo a fim de animar nosso querido amigo.

Dali a algum tempo, Marcos partiria com sua família para São Paulo para realizar a segunda cirurgia. Fez alguns exames de rotina e aguardou a liberação dos médicos e do plano de saúde. O dia chegara, afinal. Novamente, o risco era grande. A tecnologia avançadíssima à disposição dos médicos não significava a certeza de sucesso do procedimento cirúrgico. Remover o resto do tumor em uma região tão delicada como o cérebro trazia a possibilidade de sérias sequelas. Junto à família, fora o Pr. Felipe e, claro, a noiva Rafaela.

Devido à distância, ficamos dependentes das notícias divulgadas na internet pelos que estavam em São Paulo. Não obstante, as orações não cessaram. Um grupo se dirigiu à igreja na hora da cirurgia para interceder a Deus pela vida do Marcos. Na noite daquele início de novembro, enfim soubemos que a cirurgia havia sido um sucesso. Ele havia saído bem da cirurgia e inclusive perguntara se estava tudo bem com ele. Aqui a notícia foi se espalhando com alegria. Certamente, mais um avanço grandioso nessa luta tênue contra a morte. Depois se soube que todo o tumor havia sido retirado, no que consistia uma ditosa vitória, motivo de grande regozijo.

E durante todo aquele mês de novembro, essa foi a sistemática adotada para comunicar a todos sobre o que ocorria em São Paulo. Alguém da família, geralmente seu pai, divulgava nas redes sociais o que se processava lá. E assim ficávamos informados e continuávamos a torcer e orar pela sua plena recuperação. Impossível esquecer que seu pai, um pouco após a cirurgia, divulgou fotos da recuperação do Marcos, definindo-o mui sabiamente: um herói. As imagens revelavam aquele mesmo menino, aquele mesmo jeitão típico, aquele mesmo sorriso. Quem diria que aquele rapaz tivera sua cabeça aberta duas vezes e que médicos haviam arrancado dali de dentro um tumor maligno? Sua força transparecia pelas fotos.

O passo seguinte consistia na realização da rádio e quimioterapia. O tratamento também seria feito lá em São Paulo. Por esse tempo, o Marcos me disse que estava tranquilo por lá, apesar da saudade de Brasília.

Uma vez mais essa história que se desenrolava no fim do ano sofreu reviravolta. As boas expectativas pelo início do tratamento de rádio e quimioterapia deram lugar à apreensão por um novo diagnóstico médico: meningite. Marcos estava sentindo fortes dores de cabeça, e teve de adiar o início do tratamento para cuidar da meningite, que, graças a Deus, não era das mais fortes. Mesmo assim, o incidente confundiu todo o planejamento médico já traçado, de modo que os médicos não entravam num consenso sobre a melhor forma de tratá-lo, se com a rádio ou a quimioterapia primeiro, ou as duas de uma vez.

Dezembro já havia chegado, e a distância já incomodava os dois lados: nós, que aqui estávamos acompanhando o tratamento pelas notícias da internet; e ele, que já estava há um bom tempo longe de família e amigos. Penso como deveria estar sendo difíceis aqueles dias ali. Em uma cidade diferente, em um hospital, com a mente e o tempo ocupados apenas na doença.

Por esses dias a Rafa começou a colher depoimentos para fazer um vídeo de Natal para o Marcos. Sua tranquilidade impressionava. Não sei se ela agia como quem finge não estar nada diferente ou como quem tem uma fé inabalável, mas levava a situação com serenidade e placidez. Posteriormente, ela confessou a minha esposa sua comovente situação. Afirmou que quando primeiro soube do diagnóstico, rasgou o coração diante de Deus, admitindo não ter forças para lutar aquela batalha. Seria melhor lhe fosse tirada a vida do que continuar a presenciar aquele mal ao futuro marido. Ainda consternada, ela clamou que Deus fosse a força dela, que Ele a carregasse e a levasse a viver cada dia com o sustento que Ele daria, pois da parte dela não haveria condições de continuar. E assim ela passou a viver seus dias, sustentada pelo poder divino. Seria possível sonhar com o futuro, com o casamento, com filhos? Ela não sabia e chorava ao pensar que não pudesse viver esses dias. E então era confrontada com a voz de Deus que a incitava a permanecer firme e confiante.

O Natal veio e com ele as fotos de uma ceia passada no hospital. Ele ainda estava lá internado devido às febres. Uma noite em meio a cânticos e hinos, na fragilidade da doença, no recolhimento de um hospital. Um Natal diferente, mas tão próximo do primeiro natal, no qual o Deus salvador veio ao mundo na forma mais frágil e da forma mais humilde: uma criança nascida em uma estrebaria. A mensagem de esperança era ínsita ao momento, e certamente pôde reanimar os espíritos cansados e sobrecarregados.

Um pouco depois Marcos teve de cortar os cabelos para iniciar o tratamento de quimioterapia. O que seria um procedimento que remetia à dor e à perda revelou-se uma verdadeira festa da peruca. É que Marcos e seus familiares aproveitaram a ocasião para, com bom humor, experimentar penteados e cabelos novos, na ausência do original. A alegria que aparece nesses momentos pesados não é senão um descanso nos braços daquele que não permite que nem um fio de cabelo caia de nossa cabeça sem a sua permissão.

Passou-se janeiro, fevereiro, março… Quanto tempo já longe de casa e dos amigos. Felizmente, o tratamento estava correndo bem. O corpo de Marcos permaneceu firme após as sessões de radio e quimioterapia. O tumor estava desaparecendo. Nesse começo de 2012, um acontecimento marcante ocorreu. Marcos e Rafa iriam se casar! A cerimônia já estava marcada para setembro. Certamente um passo de fé, um símbolo de que a vida continuaria apesar da dor, uma demonstração de coragem e confiança em Deus. Claro, por que parar de viver quando a morte se aproxima? Como falei para ele em um email, os “saudáveis” não estão mais distantes da morte do que ele estava. Os riscos do acidente ou do infortúnio, embora invisíveis, são tão ou mais letais que a doença contra qual ele lutava. Por isso não havia motivo para o medo de viver e ser feliz. Aqui, óbvio, nos alegramos todos com a notícia.

Um pouco depois e tivemos a esperada notícia de seu retorno. A Rafa informou a todos e articulou uma surpresa para ele no aeroporto. Todos empolgados davam ideias sobre o que poderia ser feito para abrilhantar a recepção. Resolvemos fazer máscaras com a cara dele e um grande banner com uma mensagem de boas vindas.

No dia marcado, 29 de abril, o sol brilhou com força e fez daquele domingo um dia quente. Mesmo sendo no horário do almoço, muitos já estavam lá no aeroporto. Dois fatores fizeram o reencontro ser mais bonito: primeiro, o voo do Marcos atrasou, o que permitiu que os amigos atrasados chegassem a tempo; e o local do desembarque foi transferido para um portão mais isolado, o que deu maior privacidade ao nosso grande grupo. Mais de 50 pessoas, entre amigos e família, bebês, idosos e muitos jovens o aguardavam escondidos no meio do aeroporto de Brasília, esperando o sinal de sua chegada.

E então soou o apito, e o grande grupo seguiu em uma marcha feliz até o portão. Gritos de alegria espalharam-se pelo saguão, anunciando a volta do nosso amigo. A cabeça completamente careca, adornada por uma boina verde, o corpo alto e magro e os olhos fixos confirmavam que o Marcos havia voltado. Fizemos um semi-círculo a sua volta e observamos sua reação emocionada e feliz. Ele, então, passou a abraçar um a um dos amigos, prolongando a cerimônia que ali se instalara.

Enquanto os abraços eram dados, um silêncio pairou sobre a multidão dos presentes. Foi como se uma forte emoção houvesse tocado a todos, e naquele momento muitos já choravam. O silêncio constrangedor era entremeado por alguns gritos de guerra improvisados para o momento, mas que logo cediam lugar à quietude e à contemplação daquela hora. Difícil explicar. Só os que ali estavam conseguem compreender aquela alegria silenciosa dominando o ambiente. E ali o Marcos distribuía abraços calorosos a todos. Arrematando o momento, o Pr. Felipe, para romper o vazio das vozes embargadas e dos choros baixos, iniciou um cântico de agradecimento a Deus, seguido logo por todas as vozes. O que se produziu ali naquele aeroporto foi um espetáculo espontâneo de amizade, amor e adoração a Deus.

O coro impressionou todos quanto passavam, pois a beleza das vozes e da mensagem cantada era evidente. O momento da comoção terminou com uma oração feita pelo Pr. Felipe, que consagrou a vida do Marcos nas mãos de Deus e agradeceu pelo sucesso do tratamento e seu consequente retorno. A partir dali, a tensão das lágrimas deu lugar ao riso e às brincadeiras, com o Marcos voltando a brincar normalmente. Alguns o acompanharam no almoço em um shopping da cidade.

O mês de maio foi ocupado pelos preparativos do casamento. Reunião com os padrinhos, agendamento do local da cerimônia, lua de mel, fotógrafos, vestido… Uma infinidade de coisas que só quem já casou sabe como dão trabalho. A data havia sido marcada para setembro. Mas por prudência, o jovem casal resolveu adiá-la, esperando dar um passo de cada vez. Como que sufocados pelas responsabilidades à frente, Marcos e Rafa demonstraram certo abatimento, o qual prenunciava a triste notícia que receberiam.

Já em junho, Marcos voltou a sofrer de febre durante à noite. Nenhum outro sintoma aparecia, senão somente a febre todos os dias na parte da noite. Ele foi internado mais uma vez, e os médicos informaram que na ressonância viram uma pequena mancha no cérebro. Talvez não fosse nada, mas já foi um choque para todos. Parece que sempre que a vida voltava ao normal, algo acontecia para desviá-lo de seus sonhos. Agora, os planos para o casamento haviam sido suspensos por prazo indeterminado. Restava crer na providência divina e observar como Deus intervia de modo soberano nos planos humanos, refazendo-os e moldando-os segundo a sua vontade. Como alguns de seus amigos o confortaram, “a pressa é nossa e não de Deus”.

Esse breve relato da luta do Marcos contra o câncer termina aqui, embora sua história continue bravamente. Não sei quando ou por que comecei a relatar essa luta, mas desde que o fiz, senti-me responsável por dar continuidade à narrativa. E em assim fazendo, deparei-me com questionamentos sobre a vida, mas também com a graça de Deus a dar a todos nós o fôlego da vida. Vi o clamor e a solidariedade empreendidos pelo povo de Deus ao redor do mundo. Vi uma história de amor sobressair em meio à dor. Sobretudo, vi a força de um jovem que não se acovardou diante do desafio nem se atemorizou com a proximidade da morte. Vi a confiança do homem transformar-se em dependência de Deus, vi a os planos do homem desfazerem-se perante a vontade de Deus, e vi a fragilidade do homem sustentada pelo amor de Deus.

Anúncios

51 pensamentos sobre “O câncer do Marcos

  1. Que história de superação e fé.. Que Deus abençõe vcs Rafa e Marcos.. Para tudo Deus tem um propósito e Ele nunca falha em suas promessas! Felicidades ao casal.

  2. Termino de ler esse texto chorando… E vou orar pela saúde do Marcos e pela realização do sonho de vcs!
    Muito bom ver um testemunho desses, Deus sendo refúgio, fortaleza e socorro presente nas tribulações!

  3. Que exemplo de vida e amor.
    O texto me deixou muito emocionada, mas tbm não poderia ser diferente…. Deus tem planos maravilhosos pra vocês com certeza.
    Na torcida pela melhora do Marcos e na torcida para a felicidade de vcs!

  4. Há 2 meses li essa história e me emocionei mto..compartilhei com amigos da minha igreja e desde então temos orado mto por vcs! que o Senhor esteja com vcs queridos, e que Ele complete a obra….vcs tem sido exemplo do amor de Jesus pra mta gente, inclusive pra mim, obrigada por isso! Um abraço e continuamos nas oraçoes…

  5. Oi Rafa, sou gaúcha, cristã, tenho 22anos, estudo direito e, tenho acompanhado sua historia de luta! Sou noiva tambem (alias uma noiva bem romantica e sonhadora como você), me casarei em janeiro de 2013, e tambem passei por uma grande luta, ou melhor, ainda estamos lutando todos os dias para ficarmos juntos e firmes em DEus! Quero te dizer para tu ficar firme no Senhor, ele conhece todos os desejos e sonhos do teu coracao, sabe exatamente o que tu precisa e o que é melhor! Pode ter certeza que Ele ouve tua oraçao! Jesus é nosso consolo e abrigo! Tenha fé, mesmo quando parecer tão dificil, e tao doloroso o Senhor estará te amparando! E quanto ao casamento, continue sonhando, arrumando os preparativos (essa é a melhor parte), e principalmente entregando TUDO nas maos do Senhor!!! Deus te abençoe e abençoe ao teu noivo! Fica firme, ore muitoo e espere em Deus que ele tudo fará!!!!!!

    Ps: se precisar de alguma dica pro casamento, estou a disposiçao!

    • Charline, se eu te disser que as tuas palavras não podiam vir em melhor hora, você acredita? Recebemos há pouco más notícias dos médicos e eu sinto que você falando é resposta de Deus, mostrando o seu cuidado por nós, mesmo que nem sempre consigamos enxergar tudo que estamos vivendo como cuidado. Muito obrigada, de verdade. Você não falou muita coisa, mas o suficiente pro que eu tava pedindo a Deus. Até chorei aqui. :)
      Obrigada pela força e por favor continue a orar por nós que precisamos muito.
      Beijo!

  6. Oie Rafa, que bom que minhas palavras te trouxeram certo conforto, alias, minhas não, palavras de Deus! Pode ter certeza que estarei orando mtu por vcs 2!
    “Assim como tu não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da mulher grávida, assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas.” Eclesiastes 11:5
    Muitas e muitas vezes não conseguimos entender os caminhos do Senhor e nos pegamos fazendo varios questionamentos, mas devmos CRER e ESPERAR o tempo certo :D
    Não fica anciosa, agarra-te com todas tuas forçar em Deus, ore mtu, fortaleça teu espirito e clame ao Senhor e Ele te ouvirá!

    Ahhh e os preparativos como estão indo??? Vou ficar acompanhando tuas postagens e de vez em quando terei a ousadia de te deixar uns recadinho, tá?
    Beijosss Rafa, Deus abençoe

    • Os preparativos tão meio encostados por causa dos estudos, querida… Mas graças a Deus as férias estão mais próximas do que nunca, daí vamos bombar nos preparativos! Hehe
      Fica muito a vontade pra voltar, será sempre bem-vinda! :)
      Beijo!

  7. Oi Rafa, vc nao me conhece…sou noiva do Ricardo Grimm, minha sogra Traudy e ele que me contaram do Marcos. Hoje, nao sei pq entrei no seu site esse relato sobre a saude do Marcos.
    Bom, o que tenho a te dizer que nada acontece nas nossas vidas que não seja da vontade de Deus. Ja passei varias coisas na minha vida, familia que eu dizia: Deus eu nao vou aguentar! Mas Deus sabia que eu aguentaria. Vc é uma mulher, pelos relatos que ouvi sobre vc, guerreira, amada, sensivel…e acima de tudo…temente ao Senhor.
    Creio que algo ira acontecer e que o impossivel Deus esta fazendo…mesmo que muitas vezes nao vejamos. Mas vejo em tudo, o cuidado de Deus por vc, por ele e pela sua familia.
    Estarei orando por ele, por vc…para que Deus te de forças a cada dia para suportar tantas coisas.
    Saiba que vc é amada de Deus e que Ele sonda seu coraçao…sabe dos seus sonhos e se agrada em cumprir cada uma de Suas promessas na sua vida e tbem do Marcos.
    Esse seu sonho de casar…Ele tbem ve…e sera tudo melhor do que vc planejou…! Entao descanse nas promessas do Senhor….!!!
    Vou casar daqui uma semana e no nosso convite coloquei uma das promessas que Deus me deu ha anos: “Desde a antiguidade nao se ouviu, nem com ouvidos se percebeu,nem com olhos se viu, um Deus além de ti que trabalha para aquele que Nele espera”(isaias 64:4).
    Que vc tome esta promessa p vc…Ele trabalha pela sua causa.
    Deus te abençoe.
    Bjim,
    Uly

    • Oi, Uly! Eu tinha te escrito uma resposta imensa no dia que você comentou, mas agora vi que parece que não foi enviado. Muito obrigada pelas palavras de carinho e força, sempre bom lembrar da Palavra do Senhor! E assisti teu casamento, sabia? Minha sogra comentou, daí coloquei na internet e assisti todinho, foi lindo! Hehe
      Beijo e fica com Deus!

  8. Rafa, que historia… :”) e pode ter certeza que se o começo foi lindo, o final será maravilhoso pq tudo isso foi escrito pelo dedo de Deus :”) Não te conheço… mas pode saber que vcs estarão nas minhas orações! Que Deus abençoe muito vcs! :*

  9. Oi Rafa,
    há alguns anos uma amiga minha e do Marcos, a Camila Vechi, tirou o ciso e eu fui visitá-la. Nesse dia eu conheci o Marcos e batemos altos papos já que a Camila não podia falar =) Ele comprou aquela caixa com 8 bolas de sorvete da Palato pra ela (desde então, sempre que eu vou na Palato eu compro essa caixa ao invés de pedir no copinho hahah vale muito mais a pena!). E uma coisa que eu sempre vou lembrar, é que ele foi a visão masculina, que me confirmou que meu atual marido estava afim de mim! Eu tava contando pra Camila que não tinha certeza se um amigo meu tava investindo ou se eu tava confundindo as coisas… quando ele chegou ele ouviu partes da história e disse que com certeza absoluta o menino tava gostando de mim hahaha É… o Marcos acertou em cheio x) O menino tava perdidamente apaixonado e cinco anos depois me pediu em casamento! Ficamos noivos dia 11/11/11, logo depois de vocês.
    Eu votei em vocês para ganhar a promoção da lua-de-mel e fiquei muito feliz hoje quando descobri que vocês tinham ganhado :D lá no evento eu descobri seu blog e me emocionei muito lendo a história de vocês. Em muitos momentos senti um arrepio e tive a certeza de que Deus está o tempo todo cuidando de vocês. Tenham muita força e fé. Minha mãe sempre diz: “Deus não nos dá um fardo maior do que podemos carregar”, se vocês estão passando por tudo isso é porque vocês são fortes, são exemplos para todos nós, é porque vocês conseguem aguentar! E Ele vai abençoar a superação de todos esses obstáculos e permitir que você sejam o testemunho de mais uma lição de vida.
    Estou rezando por vocês. Para que a cura venha definitivamente e para que a vida de vocês seja muito mais iluminada do que já é!
    Aproveitem ao máximo essa preparação do casamento, porque é uma delícia. O dia é maravilhoso. E a vida de casado é mais maravilhosa ainda.
    Quando é pra ser as coisas acontecem naturalmente, os fornecedores aparecem e os contratos se fecham facilmente. Vocês dois “é pra ser” ;D Tudo vai se ajeitar e vai ser ainda mais lindo do que você sempre sonhou!
    Um beijo com muito carinho pra vocês dois!

    • Menina, que coisa doida isso tudo! Mas o Marcos é um demais mesmo, não foi a toa que me apaixonei por ele! E que benção que vcs estão casando, fico muito feliz por vcs! :) Amém, flor… Muito obrigada pela ajuda na promoção, pelas orações… E por favor não deixe de orar por nós porque a luta ainda continua. Com certeza, quando Deus quer as coisas acontecem, não tem nada que o impeça. :)
      Beeijo

  10. Oi Rafa, você não me conhece mas sou a namorada do Tiago Abi Rios, queria te dizer que fiquei muito feliz quando soube que vocês ganharam a viajem, pois confesso que curti a frase do Marcos e divulguei também, como a Jéssica falo toda vez que leio a história de vocês me emociono e fico arrepiada também, tenho certeza de que DEUS está no comando de tudo, e que todas as coisas que acontecerão e vão acontecer está no controle de DEUS e ELE tem um propósito pra tudo que faz.

  11. Minha namorada encontrou a história de vocês por acaso na internet quando pesquisava pelo tema “quando estou fraco é que sou forte”. Ela está de férias em casa e me ligou empolgada no trabalho, por ver tanta força e lucidez para enfrentar uma batalha tão grande. Parabéns pelo amor, amizade e presença de Deus que resplandece em sua vidas. Um grande ensinamento para todos nós. “Deus não nos prometeu ausência de luta, mas a vitória é certa”. Um grande abraço.

    • O Marcos me contou de vocês, Lúcio… Que coisa legal, manda um abração à tua namorada por nós! Muito obrigada e com certeza a vitória é certa, por mais que não entendamos as táticas que Deus usa por agora… Um dia entenderemos o porquê! :)

  12. Querida Rafa, Deus não me trouxe aqui a toa, veja o quanto pequena diante da grandeza d’Ele. Sua força me emocionou e sei que Ele vai honrar vcs, tudo que acontece em nossa vida é permissão de Deus e você é a prova do cuidado dEle. Hoje, abro mão de tudo, se eu pudesse escolher para que somente vcs fossem abençoados, para que os olhos do Senhor estejam sobre vcs, que todas as forças sejam enviadas somente p/ vcs… E no final, mesmo longe, estaremos juntos cantando o hino da vitoria! Deus é contigo… Bjs

  13. Que história emocionante… Sou da IPN e tenho orado pelo Marcos desde o início. Sou grata a Deus por tudo o que ele tem feito na vida dele e no relacionamento de vocês. Força, vocês ainda vão contar essa história de superação e confiança em Deus para os seus netinhos!

  14. Eu não conheço vocês, acabei de saber do seu blog por uma postagem sua no grupo casamento, então resolvi ler essa história, e me emocionei.
    Desejo que Deus dê sempre forças e fé, que vocês possam passar por essa e outras provas juntos até ficarem bem velhinhos :)
    Orarei por vocês.
    Beijos

  15. Quero declarar a vitória sobre as suas vidas! Creio no sobrenatural de Deus para com suas vidas! Deus é fiel, continuem firmes nas promessas do Senhor! Estou em oração pela cura do câncer do seu noivo, em o NOME DE JESUS!

  16. Olá Rafa e Marcos! Confesso que não sou muito religiosa, porém sou muito segura da minha espiritualidade. Depois de ler esse texto lindo e muito sensível, tive certeza de que a maior riqueza dessa vida é o que podemos oferecer ao próximo. Às vezes até ao próximo não tão próximo como eu que percebi que a fé é o que move o mundo… vocês vão “mover montanhas” com esse amor tão bonito e generoso. Lindo de ver e de ler =).

  17. Nossa Rafa como você é forte! Sou carioca e cristã também, li sua história e do Marcos e estou muito emocionada, confesso que não pude conter as lágrimas em meio a tanta prova de fé e força no nosso Senhor. Tenho certeza que Deus manifestará os milagres Dele em suas vidas dia após dia e que essa tribulação leve e momentânea trará um grande peso de Glória na vida de vocês, como diz apóstolo Paulo em sua carta. Parabéns pela força e principalmente pela grande mulher de Deus que você tem sido na vida do Marcos. Vou me casar também, ainda não tenho data marcada, entrei no seu blog para ver algumas idéias e concordo com você com relação a simplicidade e o romantismo do casamento, mas sei que Deus falou muito comigo com relação a ter fé na sua provisão, em se aproximar cada vez mais Dele e entregar em suas mãos crendo que Ele cuidará de tudo. Um forte abraço pro casal e estarei na torcida pela recuperação do seu noivo e pelo grande dia que será com certeza muito abençoado.

  18. Incrível como quando achamos que nossa vida não está como queríamos e nos desanimamos e vemos um exemplo de superação,vontade de viver…Deus nos mostra através de pessoas o quanto somos importantes…
    Linda história!Que o Senhor abençoe grandemente a vida de vocês…E essa história hoje me fez ver que há vida além de qualquer preocupação,e que meus problemas nem existem…a fé é tudo o que precisamos e as demais coisas Ele proverá!
    Oro pela total recuperação do Marcos…
    Bjs

  19. OI Rafa, tudo bom?
    Não nos conhecemos. Mas também faço parte do grupo de noivinhas, NBU. Eu já me casei, em outubro agora.
    E por um caso, vi um e-ail seu no grupo…e resolvi dar uma olhadinha em seu lindo blog!
    Ele ficou lindo viu!

    E..não pude deixar de ler a história de vocês. Emocionante…não preciso nem falar.
    Deus sabe de todas as coisas viu. E realmente, tudo ocorre no TEMPO de Deus.
    Nesse ano…em meio aos preparativos do meu casamento, passei por várias provações.
    Perdi o emprego..tive que mudar totalmente os planos para meu casamento.

    Mas volto a dizer. Deus sabe de todas as coisas.
    Fiquei frágil, chorei muito..pensei em desistir…mas Deus sempre estava ali me encorajando a continuar.
    E parece que quando marcamos o casamento, o inimigo fica furiosos e vai tentar de todas as formas que a gente desista.

    Deus através de uma pastora me respondeu..
    Antes, eu que naquele momento estava muito na dúvida…se realmente iria realizar o meu sonho, o de me casar. E fiz uma pergunta p/ Deus, se realmente meu casamento iria acontecer…pois as tribulações eram muitas…as dificuldades…

    E Deus através da pastora me disse:
    ( eu havia perguntado em pensamento…ninguém sabia o que eu perguntei)…
    …e Deus disse assim, através da pastora:
    -Vá…siga em frente.
    – eu sou o teu Deus. Escolha o buffet que você quiser. Escolha o vestido que você quiser.
    – Seu casamento vai ser lindo!!

    Rafa…nunca desista dos seus sonhos. Nem o Marcos.
    Tudo podemos naquele que nos fortalece!!! Muito mais que imaginamos!
    Siga com fé e força.
    Coragem…

    Deus sabe de todas as coisas. Ele sempre sabe.Embora a gente tenha muita pressa…

    O meu casamento foi lindo…como eu nunca podia imaginar em ter.
    E..o que motivava era as palavras de Deus. Todas as noites eu abria a bíblia, lia alguns versículos, Hebreus…isso me dava muita força.

    Que Jesus possa abençoá-los grandemente e ricamente!!!
    Porque o matrimônio faz parte dos planos de Deus e se faz parte, não tem como não dar certo.

    Creia.

    Eu sou fisioterapeuta. E admiro muito as pessoas que tem um CA. Um dos meus objetivos, é poder ajudar essas pessoas com a fisioterapia.
    Espero poder ajudar de alguma forma, direta ou indiretamente…

    Se precisar de alguma coisa, me dá um toc, ok???

    Vou te add em meu blog, estou fazendo o meu casei.

    É um prazer poder te conhecer. E conhecer um pouquinho da história de vocês, que é linda!!

    Fiquem com Deus, vou incluí-los nas minhas orações

    Bjss :*

    Ana Paula

    • Oi, Ana Paula… Tudo bem?
      Tua história me emocionou muito, tão lindo ver o amor e o cuidado do nosso Deus pela gente, né? Fico muito feliz que você tenha tido um lindo casamento e que a sua fé não se abalou por causa das dificuldades. Eu e o Marcos estamos passando por uma barra, mas também não duvidamos do amor e do cuidado de Deus… Temos os vivido dia após dia. Você trabalha onde como fisio, flor? Você tem experiência com paciente oncológico?
      Muito obrigada por suas orações e palavras de carinho. Por favor ore mesmo porque precisamos muito!

      Beijo!

  20. Marcos e Rafa, nao os conheco mas fui tomada por um misto de amor, compaixão, admiração… Amor pela pessoa que vcs sao, amor ainda maior pelo Deus em quem temos confiado e visto seu sustento como fez ao povo no deserto… Compaixão… mais por mim mesma talvez, por ver atravez da história de forca, de coragem e Fe de vocês, como muitas vezes sou tão fraca e minha Fe e tão pequena… Admiração por saber que muitos que tem tudo, nao tem nada pois nao tem a confiança e a certeza de que Deus esta no controle de todas as coisas como vocês tem… Quero dizer Marcos que sua luta nao e fácil, mas poucos sao escolhidos para uma tarefa tão dificil, assim como você Jesus foi enviado para uma grande obra e venceu, você também vai vencer! Parabéns Rafa, pela sua coragem, determinação, fidelidade… Quero com muito amor dizer pra vocês que eu e a minha igreja faremos parte dessa corrente de clamor e que assim como diz a sua palavra, se ali houver um único justo em seu meio , o Senhor ouvira o seu clamor! Nada somos e nada podemos, mas o nosso Deus, o Leão da Tribo de Juda, o Lírio dos Vales, a Rosa de Saron, a brilhante Estrela da Manha, o Príncipe dos Reis da Terra, o Senhor dos Senhores…. Esse que leva todos esses nomes, esse e o Teu Deus! Se forte e corajoso, Ele e contigo!
    Debora Morais

  21. Não tem como não chorar com um relato desses!
    coloca tudo nas mãos de DEUS! como eu sempre falo DEUS escreve certo por linhas tortas, e tudo isso que ta acontecendo tem algum significado, e o amor de vcs irá ficar mais forte!
    tenha muita fé. e nunca questione o que Deus nos prepara, pq isso vai nos tornar mais forte!

  22. Olá lindo casal!
    Se Deus vos uniu, Ele tem uma obra com vcs e esta obra será em vida!!!
    Portanto depositem a cada dia mais um pouquinho de fé na taça da misericórdia e toquem na orla do Senhor quantas vezes no dia for preciso, Ele com certeza está colhendo cada clamor e oração e no momento oportuno lhes dará uma grande vitória!
    Vamos orar a Este Pai que tudo pode! Ele nos formou para Sua Honra, para O glorificarmos e certamente a cura desta enfermidade será mais um motivo para glorificarmos a Deus!!!

    Bjs e benção de Deus sobre vós!!!

    Aline – http://www.bomboneca.blogspot.com.br

  23. Que história emocionate!!!!
    Deus nunca abandonará vocês. Vocês jã são abençoados por terem essa coragem, essa garra, força e fé acima descritas, e são abençoados também por terem um ao outro.
    Parabéns pela lição de vida e confiança em Deus!
    Sejam felizes!!

  24. Rafaela e Marcos, meu nome é Luciana, sou católica e casei agora dia 01 de novembro… sem querer cheguei a este blog e confesso que emocionei-me com o amor que tem norteado a vida de vocês. Contem com as minhas orações e deixo com vocês uma frase de João Paulo II que é sustento em minha vida: O amor explicou cada coisa, o amor resolveu tudo para mim. Deus renove suas forças e uno-me a vocês!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s