Iluminando o casamento

Oi gente, hoje quem escreve é a Dani! x)

Da última vez que postei, falei um pouco sobre os costumes casamentícios chineses (mais especificamente de Taiwan, que é de onde a minha família veio) e fiquei de continuar falando sobre as diferenças nos casórios de lá e daqui do Brasil. Mas decidi deixar esse tópico para uma próxima postagem, para poder abordar um assunto de mais utilidade e menos curiosidade: iluminação de casamento.

Alessandra Bianco and Brett Halloran

Tenho observado que muitas noivas planejam o casamento com todo o cuidado do mundo, se atentando aos mínimos detalhes, mas deixando de lado uma das coisas mais importantes para o bom resultado da fotografia e filmagem (que é o que fica para a posteridade). Felizmente, também tenho visto que as noivas modernas estão saindo da caixinha e aprendendo que o casamento é planejado junto com os profissionais contratados e não somente com o cerimonial ou com a prima que “tem experiência” porque se casou há seis meses atrás.

As noivas estão optando, cada vez mais, por profissionais mais completos e que sabem mesmo de casamento (não aqueles que só sabem sobre a sua área) e contando com o expertise de cada um para planejar o casamento perfeito. E quando digo perfeito, quero dizer aquele casamento que é planejado para que cada serviço possa ser aproveitado e desenvolvido ao máximo.

Quando o assunto é iluminação, conte com o seu fotógrafo e o seu cinegrafista! Apesar de muitas vezes serem contratos diferentes, a fotografia e filmagem se beneficiam e se prejudicam das mesmas coisas, então sempre peça a opinião deles quando for decidir a melhor hora para casar (ainda mais se o seu objetivo é ter aquele casamento lindo ao por do sol) e o tipo de iluminação a ser usado na pista de dança. Como a iluminação da cerimônia é bem diferente da iluminação da festa, é preciso se atentar a isso sim!

Durante a cerimônia, é importante que, além do casal, o espaço e os convidados sejam igualmente iluminados. Se somente o casal é privilegiado pela luz, somente eles sairão na foto e os convidados ficarão de fora (sem contar a decoração que também será perdida). Na fotografia, mesmo que o fotógrafo use flash, sendo o flash uma luz direcional, somente o principal será iluminado, deixando o resto de fora mesmo. E já na filmagem, quando o ambiente é escuro, não haverá possibilidade de gerar imagem boa e nítida do casal, pois a câmera não consegue ver o claro e o escuro ao mesmo tempo, da mesma maneira que o olho humano consegue enxergar.

AJA_0601

“Poxa, mas o meu sonho é casar de noite, com uma luz de vela bem romântica! E agora?” Oras, basta sentar com os profissionais que contratou e conversar sobre isso! É possível sim entrar num consenso entre a decoração e a fotografia/filmagem para ter o casamento no clima que escolheu e ainda ter fotos e vídeos maravilhosas. As luzes devem ser usadas para ter ganhos e não estragar o planejamento original.

LetThereBeLight

Ok, mas e na festa?

Enquanto não abrir a pista de dançar e começar a festança mesmo, opte por um salão iluminado e de preferência da cor âmbar, pois essa cor é aconchegante e é a que confere um aspecto mais natural as pessoas e ao ambiente. Não há nada pior para um fotógrafo e cinegrafista fazer imagens de um casal que está roxo ou azul por causa da luz decorativa que não está nada decorativa e sim predominante. As luzes decorativas devem ser usadas decorativamente, ou seja, iluminando algo específico e que tenha ganhos com tal cor, a pior coisa é ter uma festa em que tudo e todos são iluminados por luzes coloridas!

ILUMINAÇÃO CÊNICA CASAMENTOS (3)

Saibam que quando não há photoshop ou edição de imagem que salve um casal roxo (parecendo alienígenas) ou verde (que nem o Shrek e a Fiona)!

Na hora da pista de dança, prevalece o mesmo princípio: o que deve sair na foto e na filmagem deve ser igualmente bem iluminado. Mas por algum motivo, as pessoas tem uma noção meio equivocada de que festa boa é festa no escuro, sendo que quanto mais escuro, menos fotos e menos filmagem o casal terá da hora da curtição!

Com uma média de quatro pontos de luzes vindo de direções diferentes, a pista não perde o seu charme e ainda garante que o registro deste momento será bem feito. E ao contrário do que as pessoas acham, existe sim uma maneira de iluminar bem a pista de dança e ainda conferir aquele ar de balada que faz todo mundo se soltar e se divertir.

Outra coisa que se deve conversar com o DJ ou o responsável pela estrutura de luz da pista de dança é o uso moderado da fumaça, laser e strobo (aquela luz que pisca incessantemente e rapidamente). Estes três itens fazem parte de qualquer pista de dança, mas devem ser usados com muita cautela, pois são os maiores responsáveis em estragar foto e filmagem quando usados excessivamente. Eles podem ser usados durante a festa sem problemas, mas devem ser evitados nos momentos mais importantes, como a dança do casal, por exemplo. Nesta hora, o ideal é ter uma luz âmbar e que não oscile em cima do casal.

Photography by Craig Mitchelldyer www.craigmitchelldyer.com 503.513.0550

Então se você é aquela noiva que se preocupa com todos os detalhes e investiu bem no registro do casamento, se preocupe também em dar as melhores condições para que a fotografia e a filmagem tenha um resultado incrível!

E hoje ficamos por aqui, com as dicas de iluminação e espero que ajude as noivinhas na hora do planejamento!

Beijão!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s