Lua de mel: Bariloche

Olá pessoal!

Estou aqui de novo, o Marcos! No fim de semana comemoramos 3 anos de namoro (atrasado, porque já tinha passado a data real) e de brinde ganhei umas pedras nos rins e uma dor daquelas! Enfim, acho que a dor passou e descobri que estou com 2 pedrinhas, uma delas já está em movimento =) ! Espero que nunca passem por isso, então bebam muita água!

Mas vamos falar de coisas boas! A viagem de lua de mel propriamente dita eu não posso falar, porque ainda não fiz, mas  sobre planejamento dela acho que dá. No nosso caso, marcamos uma viagem para 29 de setembro até 06 de outubro de 2012, mas que foi cancelada devido a alteração que fizemos na data do casamento. Mesmo assim, já estava bem planejado para onde iríamos: Bariloche, ou melhor San Carlos de Bariloche, na Argentina.

Vista da cidade

A escolha foi feita mais ou menos assim: no início, a Rafa tinha me incumbido de escolher tudo referente a lua de mel,  inclusive os lugares para visitarmos, etc e eu achei ótima a idéia, já que era uma das coisas do nosso casamento que eu poderia ver mesmo estando em São Paulo, no meu tratamento. Então era pra ser uma surpresa, ela só ia saber se era frio ou quente e que roupas deveria levar. Mas na primeira conversa vi que seria muito difícil fazer que essa idéia desse certo. Hehehe.

Eu tinha pensado em ir para um lugar legal, uma cidade com muitas coisas pra fazer, já ela pensava em ir para uma cidade legal, mas que nosso foco não fosse a cidade e sim o hotel, nosso conforto e fosse um lugar que pudéssemos nos curtir mais. A surpresa não ia dar certo! Mas percebi que ela estava certa e decidi contar com a ajuda dela, pois queria escolher um lugar que ela com certeza gostasse!

Bom, devido ao meu tratamento ter sido há apenas alguns meses antes do casamento, deveríamos evitar o Sol. Portanto, muitos destinos já seriam descartados por conta disso. Olhamos alguns lugares do Brasil que gostávamos e tinham sido indicados a nós, mas mesmo em baixa temporada achávamos muito caro. Então uma amiga falou que estava indo a Buenos Aires e que era muito em conta, mesmo sendo um destino internacional! Pesquisei hotéis em Buenos Aires, mas tomei uma decisão quando vi as fotos de Bariloche. Deus desenhou a natureza e cada detalhe compõe uma paisagem deslumbrante.

Vista de San Carlos de Bariloche

Fiquei preocupado pois havia acontecido alguns problemas em 2011 devido às cinzas do vulcão e não queria que desse nada errado. Mas o perigo já havia passado e era seguro fazer uma viagem pra lá. Na busca por hotéis, pesquisei muitos, principalmente usando os sites que fazem isso: Trip Advisor, Decolar.com, Hoteis.com, dentre outros. Procurava conhecer os hotéias através desses sites e, se possível, do site do hotel. Se o hotel não tem site, penso que já é um mal sinal. Hehe. É importante ler, se possível, todas as avaliações, tanto positivas quanto negativas. Já que as vezes o hotel tem pouca responsabilidade sobre as más impressões dos hóspedes, as vezes tem hóspedes muito exigentes e outras coisas mais que podem não ser culpa do hotel.

Finalmente, estávamos em dúvida entre dois hotéis: o Lirolay Suites (pode cantar ao falar o nome do hotel), tinha uma suíte enorme, com lareira, cama gigante e tudo mais que queríamos! Mas não tinha almoço, pois era uma pousada.

Lirolay Suites

Suite lirolay

Varanda da suíte Lirolay

e o Design Suites que tinha tudo também, mas era um pouco mais caro e um pouco mais longe do centro:

Design Suites

Vista do Design Suites

Quarto no hotel Design Suites

No final acabamos escolhendo o Lirolay. Que tinha todo charme de uma pousada com só 12 apartamentos e sabíamos que teríamos sempre um bom atendimento por conta disso. Além disso, próximo ao hotel há vários restaurantes que poderíamos ir almoçar.

Bariloche ainda contava com muitas coisas pra fazer, com um roteiro pra quem gosta de chocolates (no caso, a Rafa), visitando fábricas de chocolate e chocolaterias! Além das paisagens estonteantes! Era impressionante, mas todos os hotéis tinha vistas deslumbrantes! Quem já foi lá pode confirmar.

Por fim, o período que iríamos era o início de Outubro, dessa maneira provavelmente não haveria tanta neve nas montanhas como vemos no inverno. Mas até achamos isso bom, pois não queríamos ir para um lugar tão frio assim, então tava tudo certo!

Bem, essa foi nossa primeira idéia de viagem de lua de mel, mas tivemos que adiá-la. Em contrapartida vamos para Curaçao no Caribe, um lugar que não imaginávamos ser possível irmos, pelo menos por enquanto! Ganhamos essa lua de mel e estamos ansiosos para chegar a data de fazer as malas!

Um grande abraço e até a próxima!

Anúncios

6 pensamentos sobre “Lua de mel: Bariloche

  1. Mais um pedaço de uma linda história! Muito legal a ideia de passar a lua de mel em Bariloche, mas creio que tb será mt bom ir pra Curaçao de graça, né?! Como diz aquele versículo: “O coração do homem planeja o seu caminho, mas o SENHOR lhe dirige os passos.” Provérbios 16:9 creio que esse novo destino foi escolhido pelo Pai, para ser bom, perfeito e agradável para vcs! Depois quero ver umas fotos aqui no blog, hein?! Ah, depois vcs podem comemorar suas bodas em Bariloche e onde mais o Senhor permitir! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s